Baixaria: por que Serra mentiu tanto no jn

13 ago

Sob a complacência do Casal 45 (ex-20), Serra mentiu.
Sobre genéricos.
Sobre a AIDS.
Sobre pedágios.
Sobre estradas.
Sobre pedágios.
Chamou o Lula de jegue e tomou o troco da Dilma no dia seguinte: se ele subir na garupa do FHC, aí é covardia.
Serra mentiu desbragadamente porque  ele não joga limpo.
Mentir no jn é um grande negócio.
O Casal 45 não refuta.
A audiência (cadente) do jn é alta.
E no jn quem julga o “direito de resposta” é o Ali Kamel.
(Pergunte ao Plínio como funciona.)
Ainda mais que a Dilma já tinha sido entrevistada e não refutou, para a mesma audiência.
No Rio se chama esse tipo de “malandro meleca”.
No horário eleitoral ele não pode mentir.
Se disser “eu fiz os genéricos” vai tomar um Itamar Franco pela lata, lendo um editorial no programa dele.
(O Ministro da Saúde do Itamar, o grande Jamil Haddad, já morreu e espera por ele para uma conversinha a sós.)
Serra mentiu até onde pode.
Daqui para a frente a tarefa cabe ao PiG (*).
A baixaria é a ultima bala na agulha do Serra.
Ele cada vez tem menos munição.
Paulo Henrique Amorim
(*) Em nenhuma democracia séria do mundo, jornais conservadores, de baixa qualidade técnica e até sensacionalistas, e uma única rede de televisão têm a importância que têm no Brasil. Eles se transformaram num partido político – o PiG, Partido da Imprensa Golpista.

Sob a complacência do Casal 45 (ex-20), Serra mentiu.
Sobre genéricos.
Sobre a AIDS.
Sobre pedágios.
Sobre estradas.
Sobre pedágios.
Chamou o Lula de jegue e tomou o troco da Dilma no dia seguinte: se ele subir na garupa do FHC, aí é covardia.
Serra mentiu desbragadamente porque  ele não joga limpo.
Mentir no jn é um grande negócio.
O Casal 45 não refuta.
A audiência (cadente) do jn é alta.
E no jn quem julga o “direito de resposta” é o Ali Kamel.
(Pergunte ao Plínio como funciona.)
Ainda mais que a Dilma já tinha sido entrevistada e não refutou, para a mesma audiência.
No Rio se chama esse tipo de “malandro meleca”.
No horário eleitoral ele não pode mentir.
Se disser “eu fiz os genéricos” vai tomar um Itamar Franco pela lata, lendo um editorial no programa dele.
(O Ministro da Saúde do Itamar, o grande Jamil Haddad, já morreu e espera por ele para uma conversinha a sós.)
Serra mentiu até onde pode.
Daqui para a frente a tarefa cabe ao PiG (*).
A baixaria é a ultima bala na agulha do Serra.
Ele cada vez tem menos munição.

Paulo Henrique Amorim

(*) Em nenhuma democracia séria do mundo, jornais conservadores, de baixa qualidade técnica e até sensacionalistas, e uma única rede de televisão têm a importância que têm no Brasil. Eles se transformaram num partido político – o PiG, Partido da Imprensa Golpista.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: