Gestão Tucana em SP: 3 mil sem-teto ocupam prédios

19 out

Cerca de três mil pessoas ocuparam quatro prédios abandonados no centro de São Paulo (SP), na madrugada de segunda-feira (04). Os prédios ficam nas avenidas São João, Prestes Maia, Ipiranga e na Álvaro de Carvalho com a Nove de Julho. A Frente de Luta por Moradia (FLM) está a frente das ocupações e informou que os sem-teto são procedentes da zona leste da capital e moradores de cortiços e de áreas de risco do centro da cidade.

Durante a tarde de segunda-feira, a Polícia Militar chegou a bloquear a entrada de água e alimentos, mas os itens foram liberados depois de negociações. Segundo a integrante da FLM Carmem da Silva Ferreira, o movimento está aberto para negociações efetivas com o poder público.

“Nós não aguentamos mais viver na dependência da vontade política. Entra governo e sai governo e nós não temos uma solução definitiva na questão da moradia. Nós estamos abertos para negociação. Agora a gente quer negociação com pressa porque só aqui [com o prédio] na Nove de Julho essa negociação já se desenrola desde 1997”.

Carmem conta que a recepção dos vizinhos do prédio da Nove de Julho está sendo muito boa. Segundo ela, eles reclamaram que o prédio abandonado é foco de ratos em razão do acúmulo de sujeira.

“Quando nós estamos aqui, as famílias dão uma função social ao local. A gente limpa, não deixa [acontecer] proliferação de ratos, nem de dengue, nem de fungos.”

As famílias solicitam apoio da Defensoria Pública e do Ministério Público para que possam permanecer no local.

“Além do aluguel ser caríssimo, pra pagar aluguel a gente deixa de comer direito, de dar educação para os filhos. Nós queremos realmente que haja políticas públicas definitivas voltadas para a moradia. A gente quer moradia digna e definitiva.”

A Secretaria de Habitação da prefeitura afirmou que um dos edifícios já está destinado à moradia popular.  A cidade de São Paulo tem um déficit habitacional de mais de 130 mil moradias. Estima-se que a capital paulista tenha imóveis vazios suficientes para abrigar famílias sem casas. Somente no centro, local da ocupação, há pelo menos 40 mil moradias sem uso.

A ocupação pode ser acompanhada pelo twitter da Frente de Luta por Moradia, no endereçohttp://twitter.com/lutamoradia.

http://www.brasildefato.com.br Com informações – Aline Scarso – Da Radioagência NP

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: