Governo Tucano de SP rejeita parcerias com a União

19 out

No debate promovido pela Rede Bandeirantes, a candidata Dilma Rousseff defendeu as parcerias entre governo federal, estados e municípios para combater a violência e derrotar o crime organizado. Embora seja responsabilidade do estado garantir a segurança pública, Dilma afirmou que o governo federal deve fazer a sua parte.

Ela lembrou que o governo de São Paulo não aceitou a oferta do governo federal para que chefes de facções criminosas fossem transferidos para presídios de segurança máxima. Mantidos nas penitenciárias do estado, organizaram uma rebelião que extrapolou os muros dos presídios e levou pânico às ruas da capital.

“O candidato Serra esquece de seguir sua pregação, uma receita que aqui em São Paulo fracassou. Não é passe de mágica. Quando quisemos separar as lideranças do crime organizado e oferecemos presídio de segurança máxima, jamais aceitaram que qualquer liderança do PCC estivesse entregue as esses presídios”, afirmou a candidata.

Rio de Janeiro

Ela lembrou que o Rio de Janeiro, em parceria com o governo federal, está fazendo um grande esforço com as Unidades de Polícia Pacificadora (UPP), que levam paz aos territórios em guerra nas comunidades. “O tráfico é fruto também de anos e anos do governo do PSDB que não investiu em segurança pública no Brasil”, disse Dilma.

Segundo ela, o governo de São Paulo rejeita as parcerias com o governo federal. Como exemplo, ela citou o SAMU (Serviço de Atendimento Móvel), no qual o Ministério da Saúde repassa metade dos recursos necessários para manutenção. A contrapartida sai dos cofres dos municípios de São Paulo, mas não do governo do estado.

“Ao contrário do candidato Serra, que detesta fazer parceria, além da ambulância, nós colocamos a parcela que nos cabe da manutenção. Os municípios pagam os outros 50%, porque o estado de São Paulo, o mais rico, não coloca. Todos os governadores colocam”, afirmou Dilma.

Infraestrutura

Dilma reforçou seu compromisso de mudar a administração dos aeroportos do Brasil abrindo o capital da Infraero para implantar uma “gestão profissionalizada”. Para Dilma, o movimento nos aeroportos do país aumentou porque, agora, milhares de brasileiros podem viajar de avião, o que antes era restrito às classes médias e às pessoas ricas.

“Cruzar o Brasil de avião era considerado algo para rico. Hoje a população que está melhorando de vida pode viajar e tirar suas férias”, ressaltou Dilma.

Segundo ela, o governo Lula retomou os investimentos em infraestrutura por meio do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), enquanto o governo do PSDB nada investiu por um acordo firmado com o Fundo Monetário Internacional (FMI).

“Acho estarrecedora a falta de senso crítico do candidato Serra. Eles não investiam, porque tinham um acordo com o Fundo Monetário Internacional que impedia investimento em transportes. Tudo que não fizeram em oito anos, ficou pra gente fazer. E nós corremos atrás.”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: